MINICURSOS


Data de realização: 4, 5 e 6 de novembro
Horário: das 8h às 10h
Local: Bloco do Letras Noturno - Centro de Humanidades I (Campus Benfica)

A inscrição para os minicursos será feita durante o credenciamento.

MINICURSO 1

DIÁLOGOS HISTORIOGRÁFICOS: A PADARIA ESPIRITUAL E O GRUPO CLÃ PARA OS ESTUDOS LITERÁRIOS NO BRASIL 

Proponente: Professor Me. Charles Ribeiro Pinheiro (UFC)
Ementa: Uma característica da literatura cearense é a formação de agremiações, desde a segunda metade do século XIX, cujas revistas e jornais por elas publicados circulavam intensamente em Fortaleza. Essas publicações desempenhavam papel de fermento cultural, propiciando o surgimento de outras agremiações literárias, formando uma continuidade literária. O Ceará, literariamente, nunca foi um estado isolado. O jornal O Pão, pertencente à Padaria Espiritual (1892-1896), grêmio destacado por sua originalidade, trazia novidades culturais e literárias de todo o Brasil, assim como da Europa. A tradição da leitura e da discussão sobre a literatura universal, nacional e regional chega ao século XX com o Grupo Clã (1943-1988), associação que consolidou o modernismo no estado cearense. Por meio do seu periódico, a Revista Clã e da publicação de dezenas de livros de seus membros, o grêmio nos legou contribuições importantes nas áreas da literatura e da arte. O objetivo do minicurso é discutir como as agremiações Padaria Espiritual e Grupo Clã, por meio de seus periódicos, colaboraram para a recepção de autores e obras locais, nacionais e estrangeiros, enriquecendo a tradição literária brasileira. O nosso interesse é discutir e analisar textos críticos dos autores cearenses nos dois periódicos, partindo da perspectiva da estética da recepção, da História da Literatura e da Literatura Comparada, enfatizando, criticamente, as conturbadas relações entre o Ceará e demais centros culturais do Brasil, debatendo as categorias regional, nacional e universal. O minicurso terá três momentos: o primeiro trabalhará com questões de História da Literatura, através de José Luís Jobim e de Jorge Luis Borges, posteriormente, o segundo e último, respectivamente, sobre a Padaria Espiritual e sobre o Grupo Clã. Para embasar o nosso debate, nos apoiaremos em Jobim (1992), Wellek, (2004); Jauss (1994); Mota (1938); Vera Moraes (2004); Cândido (1978); Carvalhal (2003) e Sânzio de Azevedo (1983).
Palavras-chave: historiografia, literatura brasileira, Padaria Espiritual, Grupo Clã.


MINICURSO 2


METALINGUAGEM, VIOLÊNCIA E SOCIEDADE: GUIMARÃES ROSA E CLARICE LISPECTOR NO SISTEMA LITERÁRIO BRASILEIRO

Proponentes: Professor Me. Wesclei Ribeiro da Cunha (UFC)
Professora Dr.ª Sarah Maria Forte Diogo (UFMG)


Ementa: Guimarães Rosa e Clarice Lispector filiam-se, historiograficamente, à geração de 45 do modernismo brasileiro. Tributários de diversos prosadores do século XX, Rosa e Lispector constituem ápices que sintetizam e amadurecem várias propostas temáticas e estilísticas desse movimento estético e cultural. Esta apresentação visa à discussão e análise de três categorias fundamentais à organização das narrativas dos dois escritores: metalinguagem, violência e sociedade. Objetiva-se identificar como essas categorias são realizadas em contos de Tutaméia – terceiras estórias (Rosa, 1967), e no romance A hora da estrela (Lispector, 1977), a fim de rastrear projetos identitários formulados nos discursos dos autores mediante propostas linguísticas e ideológicas representadas pelos personagens e suas articulações na tessitura narrativa. Para tanto, sugerimos uma interpretação de personagens a partir de fragmentos do romance e de contos selecionados, bem como sua análise, a partir da perspectiva dos participantes, e posterior relação com teóricos que pensam os processos sociais do Brasil.

Palavras-chaves: Narrativas. Sistema literário. Identidades. Processos sociais.


MINICURSO 3
BREVES ESTUDOS SOBRE A POESIA

Proponente: Professor Dr. Geraldo Augusto Fernandes (UFC)

Ementa: O minicurso pretende apresentar alguns conceitos básicos sobre a Poética e como ela se desenvolveu até nossos dias.


MINICURSO 4

Título: JOÃO CABRAL DE MELO NETO: UMA “POESIA DENOTATIVA”
Proponente: Professora Mestranda Rafaela de Abreu Gomes (UFC)
Ementa: Voltados para a importância da literatura e interessados em aprender a partir dela, tomando o texto literário como ponto de origem para todas as nossas discussões e interpretações, em literatura, dedicamo-nos a uma leitura de alguns poemas do poeta pernambucano João Cabral de Melo Neto (1920-1999), a fim de apresentar, de modo amplo, através de um minicurso, sua proposta poética e as possíveis relações entre ela e o ensino de poesia. Apesar de utilizarmos apenas alguns poemas cabralinos, consideramos que este projeto contém relevância significativa para os estudos ligados à obra desse poeta, uma vez que há preconceitos recorrentes no que se refere à leitura dos poemas de João Cabral, os quais, em nosso entendimento, são decorrentes de pouca leitura ou mesmo de leitura apressada de sua poesia. Nesse sentido, esta ideia será executada em dois momentos, organizados nas seis horas que nos são disponibilizadas. O primeiro tratará da obra poética de João Cabral e de seus projetos poéticos, de um modo amplo, tendo em vista a complexidade dos livros que o poeta publicou e o tempo disponível para falar sobre eles; e o segundo, de questões ligadas ao ensino de literatura e de poesia, desenvolvidas a partir de poemas cabralinos. Com isso, esperamos motivar discussões direcionadas à presença da poesia em aulas e pesquisas e aos modos como tal presença é constatada, ao mesmo tempo em que sugeriremos a leitura da poesia cabralina e de suas potencialidades, que não perdem de vista um trabalho formal com o poema nem suas possíveis reflexões sobre questões sociais e humanas. 
 Palavras-chave: Interpretação. Crítica. Ensino de poesia.

8 comentários:

  1. Quais serão os minicursos? A ficha de inscrição já pede essa informação, mas naõ encontro essa informação no site.

    ResponderExcluir
  2. Olá, sobre os minicursos, na ficha de inscrição, você pode deixar essa informação em branco. Ainda estamos desenvolvendo a programação e quando os minicursos estiverem prontos, faremos a divulgação aqui. Muito obrigado pela pergunta. Boa tarde.

    ResponderExcluir
  3. Eu também com essa dúvida em relação aos minicursos. Valeu.

    ResponderExcluir
  4. Olá, participarei como monitora do evento, posso também participar dos minicursos em horário compativel?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marília, tudo bem? Nesse caso, você deverá saber com a comissão de monitoria, sobre o horário que você tem disponível para atuar no evento. Um lembrete: para participar do minicurso, você deverá se inscrever como participante. Tenha um bom dia.

      Excluir
  5. Quem se inscreveu como ouvinte também pode participar dos minicursos? É em horários diferentes das palestras? Obrigada!

    ResponderExcluir
  6. Os 3 minicursos serão realizados simultâneamente, nos três dias? Ou é um dia cada minicurso ?

    ResponderExcluir